quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Pescaria boooa demais da conta!

Olááá povo baaaum mais baum desse meu rincão boiadeeeero sô!

To postando nossas fotos de nossa última pescaria lá no sítio do meu tio onde só tem Hoplias da qualidade AMARELONA e muito explosivas e nervosas. 
Como cansa encher o bote viu! afffffffffffff

E o mais engraçado que lá no lagão nunca consegui antes fisgar traíras a tarde e com vento, e neste dia tava dessa forma, ventania, nublado e não muito calor e peguei 2 baitelas de traíras que faz tempo que não via por estas bandas, só depois senti que o mormaço “fritou” eu e de não ter passado protetor solar. (hihihihihi)


Mesmo insistindo pra ir embora por estar ficando tarde e não ter pego nenhuma Hoplias até então, insisti até ficar com o braço e o dedão dormente e veio tal explosão da margem num canto esquecido.
Por isso que o alicate de contenção é essencial nessa pescaria!

Hoplias liiiiiiiiiiiiinda sô!

Lancei minha pobre perereca artificial da Marine Sports (Popper Frog que a MS não fabrica mais e é uma pena mesmo, pois é a melhor perereca que eu já pesquei, fora a qualidade do material mas seu trabalho popper é sensacional!) e uma amarelona surgiu do nada do meio do mato e explodiu na flor d’água quase engolindo ela toda. 
Foi uma festa!!!! Ânimos normalizados tentamos mais um pouco e apenas alguns botes errados de traíras menores.
Ficar no bote no meio da lagoa sem ninguém perturbando.... não troco isso por nada!


Mas do nada resolvi levar o bote mais pro canto esquerdo da lagoa e lancei num cantinho onde tinha mais aguapé do que água, e quando a isca tocou suas perninhas de fios de silicone na superfície.... veio a bordoada n’água sô!!!! Parecia uma mão aberta batendo na flor d’água com tanta raiva que quase caí do bote. Fisguei com vontade e a bicha véia começou a dar uns pinote de meio metro fora d’água que foi uma belezuuuuura sô!
A última Hoplias que explodiu a minha frog literalmente!

Quando trouxe até o barco, que animarzão liiiiiindo demais da coooonta sô do céu, beeeeem amarelona com o lombo preto e com aquela careta mar encarada que eu aaamo ver.


Depois dessa, não bateu mais nada e começou a garoar e ventar mais e resolvi ir embora de vez para próxima pescaria em outra ocasião no mesmo lugar, mas se Deus quiser, com beeeem menos vento e com um sol de rachar a moringa sô do céu!
Isso sim foi pescaria digna de ter filmado e postado no "Youtoba".