terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Relembrando uma pescaria boa demais da conta sô!

Aooooooooo sertão véio sô do céu!!!
Tava fuçando umas fotos antigas e vi justamente esta, que para eu, foi a melhor pescaria que fiz lá no sítio até hoje. Isso aconteceu em 1996 acho, bem no comecinho quando comecei a pinxar hoplias de verdade, e naquela manhã eu peguei estas 4 traíras, a menor deu 700g e a maior deu 2kg!

Fisguei todas com uma frog preta de marca desconhecida, mas era uma isca achatada e com 2 pernas, inteiramente de silicone preto com uns riscos brancos.

Deu uma bela fritada de traíra em rodela na janta pra turma lá no sítio sô!!
Até hoje espero que aconteça uma pescaria dessa novamente, mas aquele dia eu tava com o rabo virado para a lua mesmo, porque depois a tarde meu tio João, meu tio Tonho e meu padrinho Paulo Japa desceram comigo pra ver a mágica da artificial que tinha pego tanta traira grande em uma manhã só, mas não deu um puxão sequer, muito menos uma batida na flor dágua.

Naquela época (1995 pra ser mais exato), para eles era novidade pescar com artificial e na verdade quem introduziu esta ideologia de artificial lá no sítio e mostrou isso fui EU, com muito custo e várias iscas perdidas e tiração de sarro deles dizendo que NUNCA iria conseguir pescar um peixe com estas iscas de plástico, mas provei ao contrário!!!!

Foi a melhor época da minha vida, sabendo que posava por lá umas 2 semanas a fio e não precisava trabalhar, apenas pescar, assistir Power Rangers primeira versão e curtir a vida como ela deve ser curtida, essa memória realmente, pra eu,  NÃO TEM PREÇO!

Era algo parecido com isso, mas o corpo era mais achatado ainda

Resumindo a prosa moçada: Daí eu acabei perdendo as 2 frogs que eu tinha + o spinnerbait Blue Fox de 2 colheres branco que eu tinha e praticamente acabou minha pescaria com artificial naquelas férias, fiquei apenas lidando com os curimbas e piavas na ceva com vara telescópica, porque naquela época era "PROOOBE" e não tinha grana pra comprar mais iscas e minha mãe não me dava uma isquinha sequer sô! hihihihihi