domingo, 9 de abril de 2017

Sonho que, sem querer, se realizou sô!!!

Aoooooooo pescadozada dessa terra pescatícia desse rincão boiadeiro sô!!!
Vou contar pra vocês um fato que, até agora, to pasmo e sismado, pois sempre fui descrente nesse assunto de sonho se tornar realidade, mas depois desse acontecimento, to rezando pra sonhar com os números da Lotofácil logo!


Este sábado estava indo dormir as 23:30h e, do nada, pensei que se esquentasse eu iria pescar pra tentar pegar a úrtima hoplias da primeira temporada antes de entrar a friagem de vez e pausar minha pescaria antes de chegar outubro com o calorzão novamente, fui dormir e apaguei depois de um gole de café preto que amo demais da conta sô!

Café caboclo de verdade é assim, no quadô de pano sô!!!
Acordei lembrando do sonho passado que eu estava pegando umas traíras muito doidas e grandes, mas algo travava a vara no meio do mato e eu não conseguia trazer a marvada nem que a vaca tossisse, e do nada dei um chasqueão e peguei uma baitela. Depois disso acabou o sonho e acordei empolgado, e do nada, arrumei minhas traias, peguei as carretas e a caixa de pesca junto com meu colete e o porta-alicate e caí lá pro sertão do mato adentro atrás das ditacujas.

Chegando na roça, fui ver a turma pescando na ceva nossa, mesmo na friagem pegaram 3 curimbas e escapou uma senhora de uma piavona criada! Pra semana santa tem peixe aqui na roça!
Chegando lá no sítio, tomei café, fui ver a turma que tinham virado a noite lá na ceva nossa pinxando curimbas e piava, mesmo no frio, pegaram 3 peixes. Depois voltei e fui pinxar umas hoplias pra ver no que dava, mas o tempo estava ventando e meio nublado mas depois apareceu um solzinho pra me alegrar, típico de friagem aqui do sudeste, principalmente o vento que vem do sul, pode saber que é frente fria sem choro e ação ZERO de peixe na linha. Comecei com spinnerbaits por 1 hora e nada!!! Desisti e fui lidar com as pererecas artificiais.

A primeira Hoplias do dia!

Eu nem quero imaginar ser essa isca como se fosse meu dedo!! aiaiaiai

Amo este peixe por demais da conta pescadozada!
Começou lento mas, do nada, começou as ditacujas bater na isca devagar, de repente explode a isca e pego uma hoplias de 1 kg, fiquei feliz pra caramba, vocês não sabem como, principalmente nessa friagem do cão que ODEIO pescar com tal tempo, que pra mim, é bom pra ficar apenas na beira do fogão à lenha comendo e bebendo algo quente.

Tamanho da baiteeeeeela sô!

Traíra de 2kg tinha um dos olhos defeituosos!
Depois de pular feiot louca, soltei a baitela pra liberdade novamente!

Deu mais umas batidas de traíras menores, mas do nada, veio de um canto isolado uma OGRA de traíra que a vara nem saía do lugar por uns segundos e começou a embodocar a vara e entrar no meio do matagal aquática e, como pinxo de barranco, tive que avançar a pé pra dentro do mato e sem querer, pisei em uma toceira que tinha um ninho de serragem de uma formiga de quase 3cm de comprimento parecida com a diaba da Tocandira e a cruzaruim morde duro demais sô! Voltei pra trás com as pernas dentro dágua e guinchei a baitela da traíra e coloquei o alicate na boca dela, foi sacrifício mas peguei a danada!

Essa paisagem, pra mim, é a coisa mais linda do mundo God do céééu!

Olha como ficou a coitada da frog da Daiwa.... pecado!
Nem acreditava pois, com um tempo daquele com aquela friagem toda e marolas na flor dágua de quase 10cm onde a isca não parava queta, pegar 2 baitelas desse tamanho foi um feito e tanto, principalmente aqui na minha cidade onde, friagem predomina, mas o mais assustador foi sonhar que estava pinxando hoplias fora de época e pegar de verdade umas cavalas de traíras sem querer querendo sô!!!

Anoiteceu com uma baita lua cheia, esfriou mais ainda e voltei pra casa sô!!!